Terça-feira, Abril 16, 2024
InícioBebêRecém-nascido muito sonolento: o quê fazer

Recém-nascido muito sonolento: o quê fazer

A chegada do novo membro da família traz muitas novidades e uma nova rotina. É normal que a família fique preocupada com a quantidade de tempo em que o bebê dorme, afinal os pais também estão se adaptando a nova rotina. É necessário entender que o sono é uma das partes principais do desenvolvimento do bebê, principalmente nos primeiros meses de vida. Os recém-nascidos dormem a maior parte do tempo, podendo dormir até 20 horas por dia. É através do sono que o bebê irá desenvolver novas habilidades, desenvolver o cérebro e consolidar suas memórias.

Os primeiros meses de vida do bebê é a fase da vida em que acontece as maiores mudanças. E isso aconteça em uma velocidade onde nenhuma outra fase da vida acontece, nem mesmo na adolescência. E essas mudanças acontecem principalmente durante o sono e é por isso que é normal que o bebê durma de 16 a 20 horas por dia. 

Sendo assim, não pode esperar que o bebê se adeque a mesma rotina e costume dos pais. É mais fácil que pelo menos durante os primeiros meses de vida os pais se adequem a rotina do bebê. Conforme o recém-nascido vai crescendo suas horas de sono vão diminuir. A partir do terceiro mês, o bebê já passa mais tempo acordado e assim já pode implantar rotina. Começar a ter horários para brincadeiras, alimentação e sono mais definas. E lembrar que a rotina do sono noturno também é de extrema importância para os pais e o bebê. Clique aqui para entrar no grupo VIP sobre sono do bebê e receber conteúdos exclusivos.

Imagem de KamranAydinov no Freepik: Recém-nascido muito sonolento

Recém-nascido muito sonolento: Quais as principais causas?

Há diversos motivos e causas para o recém-nascido dormir tanto. Algumas causas como:

– Adaptação de ambiente: Após o parto, o recém-nascido passa por uma mudança gigante do útero para o mundo e isso é muito cansativo para o bebê;

– Pós-parto: Todo o trabalho de parto e o nascimento são situações físico e emocionalmente exaustivos para o bebê. O sono é uma das maneiras do bebê se recuperar do stress causado;

– Rotina: Os recém-nascidos não tem uma rotina ainda, ou seja não há um ritmo de sono e assim acordam mais vezes o que causa mais sonolência.

O que fazer quando o recém-nascido é muito sonolento?

Muitas vezes o bebê quando recém-nascido engata sonos longos e o importante é não deixar de ter os devidos cuidados só porque está dormindo. Algumas dicas:

– Alimentação: Para o recém-nascido é extremamente importante que ele coma de 3 em 3 horas. Caso o bebê esteja dormindo, ele deve ser acordado para ser alimentado e depois prossegue com o sono. É dessa forma porque os recém-nascidos tem uma tendência maior em perder peso;

– Estimulo: O estimulo para o recém-nascido deve ser suave, ou seja quando o bebê estiver acordado é importante conversar, cantar e manter contato visual. Esses pequenos gestos ajudaram o bebê a ficar um pouco mais acordado e logo estabelecer uma rotina;

– Luz natural: Expor o bebê a luz do dia é importante tanto para a saúde como regular o relógio biológico do r4ecém-nascido;

Caso o recém-nascido tenha muita dificuldade em acordar também é importante a ajuda de um profissional especializado. O pediatra poderá avaliar o bebê e se necessário pedir exames. 

Por que é importante o recém-nascido dormir?

O sono é o principal elemento para o desenvolvimento de modo geral. Afinal, é durante o sono o cérebro vai pôr em pratica atividades e consolidar algumas bases importantes para o desenvolvimento e aprendizagem e crescimento do bebê. Também é nosso momento que acontece a liberação de alguns hormônios. Todas essas coisas influenciam nos comportamentos emocionais e no sistema imunológico da criança. As noites mal dormidas ou sono sem qualidade na infância causa problemas cognitivos, obesidade infantil e nas habilidades sociais. 

Existem alguns distúrbios de sono que podem aparecer durante o desenvolvimento da criança como:

– Terror noturno: É quando o bebê chora apavorado, chora muito e fica com os batimentos acelerados e tudo isso a criança não acorda;

– Resistência ao sono: Pode acontecer quando o bebê não tem rotina ou quando há muito estimulo antes de dormir;

Lembrando que haverá ocasiões em que o bebê irá acordar, por exemplo: Ao nascer os dentinhos, quando o bebê fica doente, ou quando o bebê sente dores. E por essa razão é importante buscar a ajuda de um profissional para saber quando realmente há o distúrbio de sono. Leia mais sobre hérnia umbilical do RN.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Poliana coimbra do Bonfim sobre Pico de crescimento