Terça-feira, Abril 16, 2024
InícioA mãeGrávidas: como viver esse período

Grávidas: como viver esse período

As gravidas passam por diversas mudanças ao longo da gestação. Os hormônios aumentam, o corpo muda, a mente se transforma e o que antes era a prioridade, na gravidez só há um pensamento: o bebê (conheça aqui mais sobre essa período). Uma das primeiras mudanças que as mulheres passam é o seu físico. O corpo da grávida abriga um novo ser e com isso acontece diversas alterações. O ganho de peso, o aumento progressivo do útero, as mudanças hormonais, o aumento dos seios são somente algumas das muitas mudanças. Mas tais mudanças pode gerar insegurança e desconforto na grávida. Por isso é importante a mulher ter em mente que seu corpo está gerando o milagre da vida.

Além de todas as mudanças que o corpo da grávida enfrentará, seus hormônios estarão em níveis elevados e por consequência, suas emoções também. Há muita alegria, euforia, empolgação. Mas há também o medo, a insegurança e a ansiedade, todas essas emoções são normais para as grávidas. Existem outros fatores que influenciam a gestante com essas emoções, como: preocupação com o bebê, estilo de vida mudando e o principal agora a mulher se torna mãe. Todas essas questão acabam gerando preocupações nas grávidas. Sendo assim, os hormônios aumentam tanto os bons sentimentos como os que não são tão bons. 

O autocuidado para as gravidas durante a gravidez é indispensável, é essencial e assim produz bem-estar para a mãe e consecutivamente para o bebê. Esses cuidados são: uma boa alimentação, exercícios físicos, cuidados com a pele, momentos de descanso e outros. Os cuidados com a saúde mental e emocional da grávida é também indispensável. É importante que a grávida busque métodos de relaxamento, afinal a gestação é cansativa, momentos de reflexão, encontrar algo para aliviar a mente e relaxar. Dessa forma a mãe está garantindo que sua mente e emocional estejam tranquilos e preparados para a chegada de um novo ser em sua rotina. 

Imagem de Freepik: Grávidas

Grávidas e as opiniões

É normal que as gravidas recebam diversos tipos de críticas e opiniões. Infelizmente, com essas críticas surgem comentários maldosos e muitas vezes carregados de preconceito, expectativas irrealistas e estereótipos. Sendo julgadas por sua forma física, suas escolhas em relação ao parto, em como deseja criar o bebê, ao seu estilo de vida e até mesmo por sua escolha em relação a amamentação. As mulheres que ganham muito peso na gestação são julgadas por não cuidar do seu físico. Assim como as mulheres que tem maior dificuldade em ganhar peso na gestação também são julgadas. Essas opiniões e ideias de pessoas de fora são prejudiciais à saúde emocional da grávida. A pressão sobre a estética da grávida causa insegurança e desconforto na mulher podendo gerar até transtornos alimentares. Cada gestação é individual, assim como cada mulher. Ou seja, nenhuma gravidez será igual a outra. Leia mais sobre parto aqui

A preparação para as grávidas 

A gestação é um momento de preparo para a nova vida que irá chegar juntamente com o bebê. Sendo assim se torna importante uma preparação para que a grávida esteja pronta e se sinta capaz em relação a maternidade. Há etapas que as gravidas enfrentarão para receber seu bebê. Como:

-Pré-Natal: Assim que a mulher recebe o primeiro positivo é necessário começar os cuidados pré-natais. Consultas regulares ao médico para acompanhar o desenvolvimento do bebê e evitar problemas;

-Informação: Buscar informações confiáveis sobre a maternidade e gravidez é uma etapa de extrema importância para a preparação da grávida. Atualmente existe diversas formas de buscar conhecimento desde sites confiáveis á profissionais da área;

-Emocional: Durante a gravidez a mudança emocional ocorre bruscamente, os níveis de hormônios vão lá em cima. É necessário que a grávida saiba reconhecer e validar suas emoções. Conversas com o marido ou com familiares pode aliviar o peso das emoções e acolhe os sentimentos da mulher;

-Preparação prática: No reta final da gestação se torna importante que a grávida já esteja fazendo exercícios específicos para ajudar no parto, o enxoval do bebê já deve estar pronto e comprar os itens essenciais para a chegada da criança.

Rede de apoio 

Ao longo da gravidez e principalmente após o nascimento do bebê é importante a presença de rede de apoio. A rede de apoio pode ser alguém da família ou amigos que irão conversas durante a gravidez com a mulher. As gravidas devem ter alguém para compartilhar experiências, pedir conselhos e até se distrair quando for necessário. E após o nascimento do bebê, a rede de apoio cuidará principalmente da mãe, cuidando das tarefas da casa e fazendo comida ajudam para que a mãe consiga cuidar e se conectar com o bebê. Ter uma pessoa confiável para cuidar do bebê quando a mãe precisar descansar é necessário, assim a mãe se sente segura e confortável em poder descansar. 

Artigo anterior
Próximo artigo
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Poliana coimbra do Bonfim sobre Pico de crescimento