Terça-feira, Abril 16, 2024
InícioA mãeVasectomia pode engravidar?

Vasectomia pode engravidar?

A vasectomia pode engravidar? Essa é uma pergunta bem frequente tanto para os homens como para as mulheres. A vasectomia é um procedimento cirúrgico usado para o controle da fertilidade dos homens. É um procedimento altamente eficaz, e muitos casais optam por esse método para o controle e planejamento familiar por ser muito seguro e confiável. A principal vantagem da vasectomia é sua eficácia como método contraceptivo. O procedimento é feito em laboratório e em cerca de trinta minutos está pronto. Mas leva algum tempo para que o esperma residual saia dos ductos deferentes. Durante esse tempo é importante usar outros métodos contraceptivos. 

Após esse período é necessário fazer um exame para detectar se ainda há espermatozoides no sêmen. A vasectomia também é benéfica em relação a outros métodos contraceptivos. Não afeta a libido, nem o desempenho sexual do homem. E não há alterações hormonais sendo o oposto dos métodos contraceptivos femininos. Como, por exemplo: anticoncepcionais ou o DIU que são cheios de hormônios que pode causar efeitos colaterais.  Existe reversão para a vasectomia, sem garantias exatas. Se o homem decide ter filhos mais tarde é possível reverter o procedimento. 

Mas a taxa de sucesso na reversão varia bastante e depende de vários fatores, como: o tempo desde que a vasectomia foi feita, presença de cicatrizes e danos nos ductos deferentes. Sendo assim, ao decidir pelo procedimento é bom lembrar que pode ser um procedimento irreversível. Apesar das vantagens é importante que os homens tenham certeza da sua decisão. Para isso é necessário pesquisar e conhecer o procedimento, e principalmente ter uma conversa sincera com sua esposa. É uma decisão que deve ser pensada e tomada como casal, envolvendo planejamento familiar e sinceridade de ambos, tirando todas as dúvidas para prosseguir. Leia aqui sobre testes de gravidez.

Vasectomia: 100% segura?

Ainda que seja raro a vasectomia pode engravidar. Principalmente nos dois primeiros meses após o procedimento. Isso porque o espermatozoide pode continuar vivo durante um tempo, por isso é indicado fazer o exame para confirmar que não há mais espermatozoides nos ductos deferentes. Após o período de dois meses, se a mulher engravidar é porque houve algum erro, falha técnica ou recanalização. Mesmo sendo muito raro faça o procedimento com um profissional da saúde já experiente na área e os testes após. É importante também que o homem após realizar a vasectomia tome os cuidados necessários e assim evitando uma gravidez indesejada. Ou seja, se a vasectomia não for feita da maneira correta, ou o homem não tomar os devidos cuidados a mulher pode sim engravidar.

Há maneiras de reverter a vasectomia? 

Vasectomia é um procedimento tecnicamente reversível, mas o sucesso da reversão pode variar. E há alguns fatores para que isso aconteça, como por exemplo: o tempo que o procedimento. Ou seja quanto maior o tempo de vasectomia, menor a chance de conseguir reverter. Ainda que o procedimento seja reversível, o procedimento de reversão cirúrgica é mais complexo e acaba desmotivando os pacientes. Caso a reversão da vasectomia não funcione, existem outras formas mais avançadas tecnologicamente para o casal engravidar. Como a fertilização in vitro onde os óvulos serão inseminados com os espermatozoides que serão retirados do epidídimo. E há também a opção da adoção. 

Complicações da vasectomia 

Como todo procedimento cirúrgico, na vasectomia também pode ocorrer complicações. Algumas das complicações que podem ocorrer são:

– Sangramento na incisão;

– Hematoma na bolsa escrotal: É quando há lesão em um vaso, causando o aumento de sangramento;

– Atrofia testicular;

– Abscesso na bolsa escrotal;

– Dor crônica no local do procedimento;

– Testiculos sensíveis;

Sendo assim, a cirurgia da vasectomia que parece ser tão simples pode se tornar um grande risco para a saúde do homem. Por isso não deve ser considerada um procedimento simples e nem deve ser feita às pressas. 

Contudo, é importante que a vasectomia seja um procedimento que o homem conheça e estude sobre os pontos positivos e negativos. Afinal, mesmo sendo um procedimento que tenha reversão, ela nem sempre ocorre. Caso tome a decisão de realizar o procedimento, é de extrema importância que o homem procure um profissional da área que tenha experiência e bons resultados em seus procedimentos. Também deve seguir todos os cuidados pós operatórios detalhadamente. E realizar o exame para ver se realmente não há mais espermatozoides no sêmen para não ocorrer uma gravidez indesejada. Por fim, para que não haja arrependimentos é necessário uma conversa sincera e aberta entre o homem e a mulher. É possível buscar a ajuda de um psicólogo, ou alguém que possa ajudar nessa área para entender os reais motivos. E assim não haver qualquer arrependimento de nenhuma das partes.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Poliana coimbra do Bonfim sobre Pico de crescimento