Terça-feira, Abril 16, 2024
InícioA mãeColostro: tudo o que você precisa saber

Colostro: tudo o que você precisa saber

Durante toda a gestação é comum que as mães se preocupem com a descida do colostro e se irão conseguir amamentar. O colostro materno, também conhecido como o leite de ouro, é o leite produzido pela mãe nos primeiros dias pós parto. O colostro se considera como um leite cheio de riquezas, um verdadeiro tesouro para os recém-nascidos. Afinal é composto por nutrientes vitais e propriedades imunológicas. Esse primeiro leite é crucial para o fortalecimento do sistema imunológico e a saúde do bebê, garantindo o começo da vida saudável. 

A composição do colostro materno é rica em vitaminas, proteínas, anticorpos e minerais. A concentração de proteínas do colostro é maior que o leite materno subsequente, tornando-o altamente nutritivo para o recém-nascido. Dessa maneira, também contribui para o desenvolvimento saudável dos órgãos vitais e tecidos no início da vida. Além disso, é cheio de componentes imunológicos, com imunoglobinas, que tem um papel crucial na proteção do bebê contra doenças e infecções. O colostro materno também tem um papel fundamental no desenvolvimento e formação do microbioma intestinal do recém-nascido. Sendo assim, contendo fatores de desenvolvimento que promovem o crescimento saudável do trato gastrointestinal e estabelece uma base sólida para o sistema imunológico. 

Além de todos os benefícios nutricionais, o colostro materno é fundamental para aumentar o vínculo entre a mãe e o bebê após o nascimento. O aleitamento materno exclusivo é essencial para garantir que os recém-nascidos tenham todos os nutrientes, anticorpos e benefícios que o colostro proporciona, e dessa forma ter uma ótima base se saúde ao longo da vida. Contudo, o colostro materno é uma dádiva da natureza humana, que fornece ao recém-nascido tudo que ele precisa desde o primeiro dia de vida. 

Imagem de Freepik: colostro

Em quanto tempo o colostro pode demorar para descer?

Após o nascimento do bebê, é um período onde a mãe passa por uma jornada emocionante e desafiadora. A amamentação em si carrega muitas duvidas e questionamentos nas mães. Uma das duvidas é em quanto tempo o colostro pode descer. O colostro, conhecido também como o primeiro leite, é um leite altamente rico em nutrientes e anticorpos para o recém-nascido que o corpo começa a produzir assim que o bebê nasce. Geralmente, o colostro se produz no final da gestação, no terceiro trimestre. E após o nascimento, o colostro descernos primeiros dias, o que pode ser variado de mãe para mãe. É importante entender que cada corpo funciona de uma maneira, ou seja, cada corpo experimenta variações na produção do leite. Mas, existem alguns fatores que influenciam diretamente esse processo. Fatores como: saúde da mãe, tipo de parto e a amamentação assim que o bebê nasce. 

Sinais da descida do colostro materno

Embora cada corpo seja único, assim como a amamentação, existem alguns sinais comuns que normalmente indicam a descida do leite. Como: 

  • Sensibilidade mamária: Um dos principais sinais de que o colostro irá descer é a sensibilidade aumentada da mama. Podendo notar uma sensação de desconforto ou dor no nos seios;
  • Textura e cor: A partir do momento que o colostro começa a descer, a mulher já identifica as mudanças de cor e textura. O colostro normalmente é amarelo, transparente ou dourado e tem a consistência mais espessa do que a do leite que virá posteriormente;
  • Volume e expressão manual: O colostro a partir do momento em que começa a ser produzido, muitas mulheres observam a expressão. Isso é um sinal bom de que o colostro está prestes a acontecer. Lembrando que cada corpo produz uma certa quantidade e isso não é motivo para se preocupar; 
  • Tamanho das mamas: Conforme o corpo se prepara e produz o colostro, muitas mamães podem notar que o tamanho das mamas aumenta. Esse tamanho é uma mudança hormonal que é natural e que ocorre durante a gravidez e pós parto. Além disso, o aumento das mamas indicam que os tecidos mamários estão se preparando para a produção de leite; 
  • Conforto do bebê: Um dos principais sinais da descida do colostro é como o bebê se comporta durante e após a amamentação. Observar como o bebê reage durante a amamentação é uma maneira confiável de confirmar se efetivou a descida do colostro.

Dicas para aumentar a produção de leite

  • Nutrição adequada: É crucial para a produção de colostro materno, que a mãe tenha uma dieta equilibrada e rica em proteínas e nutrientes. Além disso, consumir alimentos ricos em ômega-3, como semente de chia e peixes gordurosos ajudam a a aumentar a quantidade e qualidade do colostro; 
  • Hidratação: A mulher deve estar sempre muito bem hidratada, a hidratação é um fator crucial para a produção de colostro. Bebendo água regularmente, especialmente após o parto ajuda no aumento da produção de leite; 
  • Descanso: o descanso adequado tem um papel de extrema importância para a produção do colostro. O estressa e o cansaço afetam negativamente no processo de produção de leite. Portanto, garantir que a mãe obtenha momentos de descanso e consiga dormir adequadamente é necessário para ter bons resultados na amamentação.
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Poliana coimbra do Bonfim sobre Pico de crescimento