Terça-feira, Abril 16, 2024
InícioBebêOtite em criança: prevenção, sintomas e tratamento

Otite em criança: prevenção, sintomas e tratamento

A otite em criança é uma condição comum que gera desconforto e dor, e sendo assim gera preocupação nos pais. Além disso a otite se trata de uma infecção no ouvido médio e muitas vezes é associada a infecções bacterianas e virais. Entretanto, os pais e cuidadores devem ficar atentos a possíveis reclamações, ou choros inesperados. No caso da otite é necessário que os sintomas, causas e tratamentos já sejam conhecidos para obter um diagnóstico rápido e eficaz. A otite quando não diagnosticada e tratada adequadamente pode gerar mais complicações. 

São diversos sintomas na otite infantil desde dores intensas de ouvido, febre, irritabilidade, dificuldades na audição, e podendo levar a secreção no ouvido em casos mais graves. A família e os cuidadores da criança devem estar atentos aos sintomas apresentados para assim que possível apresentar ao médico. O diagnóstico sempre é feito pelo médico seguido de uma exame físico, podendo precisar de exames adicionais, como exames de audição e otoscópio. Geralmente, o tratamento para a otite em criança é feito com antibióticos para solucionar a infecção bacteriana ou viral e analgésicos para o alívio da dor. O contato frequente com agentes infecciosos em ambientes como: escolas e exposição ao fumo. 

Além disso, a grande exposição a infecções respiratórias, como resfriados, aumentam a probabilidade de desenvolver otite. Ou seja, é de extrema importância que o bebê não frequente lugares que seja exposto ao frio, fumaça e umidade. Outra forma do bebê desenvolver a otite inclui o sistema imunológico ainda imaturo. Ter conhecimento sobre os principais problemas que estão associados a otite é fundamental para a prevenção, diagnóstico e tratamento adequados. Caso, o bebê apresente os sintomas é crucial buscar um pediatra especialista na área.

Imagem de master1305 no Freepik: Otite em criança

Principais causas de otite em criança

A otite que é uma inflamação do ouvido médio, uma condição bastante comum em crianças que causa dor e desconforto. Entender as principais causas da otite é necessário para a proteção e saúde auditiva das crianças. 

  • Vírus comuns e infecções respiratórias: Existem muitos fatores que podem causar a otite em crianças, incluindo infecções respiratórias, como por exemplo: resfriados e gripes. As bactérias e os vírus que estão presentes nessas infecções se espalham para o ouvido médio, que causará inflamação e acumulará fluídos; 
  • Ambientes coletivos: Os ambientes coletivos que não tem controle de vírus e bactérias, como escolas e creches, são outras causas importantes de otite em crianças; 
  • Sensibilidade e alergias: A sensibilidade a alguns tipos de alimentos e alergias sazonais desempenham um papel importante no desenvolvimento da otite. Portanto, quando há reações alérgicas levam a maior produção de muco, e resulta em um boqueio da tuba auditiva no ouvido médio;
  • Genética e fatores anatômicos: Alguns tipos de genética e fatores anatômicos aumentam a probabilidade da criança desenvolver otite;

Sintomas de otite

Os sintomas da otite em criança, normalmente começam com os mesmos sintomas de gripe. Dessa forma, os pais devem estar atentos aos sinais e se necessário buscar a ajuda de um profissional. Alguns dos sintomas são: 

  • Dor de ouvido: O sintoma que mais incomoda e as crianças reclamam é a dor no ouvido recorrente e intensa. Crianças mais novas demonstram isso puxando a orelha e chorando mais que o normal;
  • Audição prejudicada: Um dos sintomas que a criança apresenta quando desenvolveu a otite é apresentar dificuldades na audição, quando a criança pede para repetir instruções repetidamente;
  • Febre: A presença da febre, principalmente quando acompanhada de outros sintomas como a irritabilidade ou perda de apetite e são sinais de otite em criança;
  • Choro em excesso: O choro quando acontece demasiadamente e a criança fica com o ouvido sensível são sinais de otite.

Como previnir a otite

Antes do bebê desenvolver a otite, a família e os cuidadores devem prevenir algumas situações e lugares com a criança. Por exemplo:

  • Higiene adequada: Lavar as mãos com frequência para não compartilhar germes que podem causar infecção de ouvido;
  • Amamentação: Diversos estudos indicam que a amamentação está ligada ao sistema imunológico do bebê. Sendo assim diminui o risco de infecções como a otite; 
  • Exposição ao fumo: Garantir que a criança não vá a lugares com fumaça de tabaco ajuda a prevenir a infecção por otite;
  • Protetor de ouvidos: A criança quando frequenta piscinas, praias e lugares com água deve usar protetor de ouvidos, afinal a água também gera otite.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Poliana coimbra do Bonfim sobre Pico de crescimento