Terça-feira, Abril 16, 2024
InícioA mãeÁcido fólico para a gestante

Ácido fólico para a gestante

O ácido fólico também conhecido como vitamina B9 é uma das vitaminas essenciais para a gestante. Durante a gestação o organismo precisa de mais folato, ou seja sua demanda é maior. A falta do folato pode ocasionar doenças graves no bebê. Uma das anomalias se chama: Defeitos no tubo neural. A má formação no tubo neural é uma das principais causas para a má formação fetal, ficando abaixo apenas das doenças congênitas cardíacas. O tubo neural é a estrutura que dá origem ao cérebro, medula espinhal, vertebras, cérebro, crânio e meninge. Gravidas com baixo nível de ácido fólico acaba tornando o bebê propicio os defeitos no sistema nervoso do bebê. 

Espinha bífida, anencefalia e encefalocele são algumas das doenças que se originam do defeito na formação do tubo neural. Sendo a principal causa de má formação do tubo neural a deficiência de folato durante a gestação, tomar o ácido fólico é uma forma de prevenir o bebê de tais doenças. O ideal é a mulher começar a tomar esse suplemento antes da fecundação, afinal o tubo neural é formado nas primeiras quarta semanas de vida do embrião. A prevenção que o ácido fólico garante na sexta semana já é muito baixa, sendo assim começar a tomar a vitamina B9 antes é a melhor opção. 

A mulher que tem a intenção de engravidar deve começar a consumir o ácido fólico para gestante pelo menos um mês antes fecundação, assim seu nível sanguíneo estará adequado para a formação do tubo neural de seu bebê. É importante que a mulher procure seu médico para saber qual a dose certa a tomar do ácido fólico. Há algumas mulheres que precisam de uma dose maior e outras uma dose menor, sendo assim busque a ajuda de seu médico.

Freepik: Ácido fólico na gestação

Existe contraindicação para o ácido fólico na gestação?

O ácido fólico para a gestante é um suplemento para melhor desenvolvimento do bebê. Mas pode interagir com alguns medicamentos. Os mais comuns são: Chá verde (diminui a concentração sanguínea de ácido fólico), Sulfadoxina (pode diminuir o efeito terapêutico), Sulfassalazina ( diminui a concentração sanguínea do ácido fólico) e Fluorouracil (pode aumentar os efeitos tóxicos dos produtos que contém fluorouracil). Caso a gestante tenha epilepsia o ácido fólico pode prejudicar a eficácia das medicações, sendo assim a gestante terá de ajustar as doses dos medicamentos com a ajuda do seu médico. 

Qual a dose necessária de ácido fólico por dia?

Para manter o ácido fólico em bons níveis durante a gestação só uma boa alimentação não é suficiente. Para a maior segurança do bebê é importante que a grávida comece a tomar o ácido fólico para gestante o mais cedo possível, Na verdade, como a maioria das gravidezes acontecem sem planejamento a mulher em idade fértil já deveria começar a se preocupar com o ácido fólico. A dose mínima diária recomendada é de 0,4 à 0,6mg por dia. Há mulheres que correm maior risco do bebê nascer com alguma anomalia quando, por exemplo, já existem casos na família, ou quando a própria mulher já teve essa condição em uma gravidez passada e outros. Tomar o remédio diariamente é importante para a ingestão ser adequada do ácido fólico.

Como repor o ácido de forma natural?

Apesar de haver a necessidade do ácido fólico para gestante durante toda gestação, há também alimentos em que tem bastante concentração da vitamina B9. O ácido fólico está presente em vários alimentos de forma natural. Existem alguns fatores que podem baixar o nível de folato no corpo humano. Como:

-Comer poucos carboidratos leva a uma falência de folato, sendo que massas e pães são ricos em grãos fortificados;

-Consumo elevado de alimentos orgânicos pela falta do ácido fólico;

-Falta de nutrição, ou seja quando a pessoa não se alimenta de forma nutritiva;

-Remédios que diminuem os níveis de ácido fólico.

Existem alimentos que irão ajudar a aumentar os níveis de ácido fólico para gestante e evitar possíveis doenças ao bebê. Como, por exemplo: feijões, vegetais folhosos verdes, fígado, grãos integrais e frutas cítricas. É importante lembrar que somente uma dieta rica em alimentos que aumentam os níveis de folato não é suficiente. Ou seja, o uso do complemento da vitamina B9 é importantíssimo. 

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Poliana coimbra do Bonfim sobre Pico de crescimento