Terça-feira, Abril 16, 2024
InícioA mãeLactante pode tomar remédio para gripe?

Lactante pode tomar remédio para gripe?

A questão da lactante poder tomar remédio para gripe ou não é bem frequente para as mães. Desde o início da gestação as mulheres precisam tomar uma série de cuidados, do pré-natal até o nascimento do bebê. E logo após o nascimento do bebê os cuidados seguem tanto no parto normal como na cesariana, do mesmo modo que a criança precisa de todos os cuidados necessários a mãe também. Ainda assim com todos os cuidados a mãe pode pegar uma gripe ou algum tipo de doença que precisará de medicamentos.

É bastante comum que lactantes (mulheres que amamentam com leite materno) tenha maior preocupação com os remédios para não prejudicar a saúde do bebê. Enquanto puder é melhor evitar o uso de medicações mas em alguns casos é necessário o uso de medicamentos para a melhora da mãe. É importante saber que a amamentação não é uma contraindicação para usar medicamentos. Contudo é importante o cuidado na escolha de qual medicamento toma e qual a dosagem certa. Para que isso aconteça da melhor forma, sem interferir na amamentação e sem prejudicar o bebê é importante consultar o médico.

As lactantes podem usar a maioria dos remédios para gripe sem causar danos no bebê. Remédios como paracetamol e ibuprofeno são analgésicos que podem ser usados por lactantes sem risco para o bebê e muito eficazes para as mães. Descongestionantes também podem ser tomados desde que não contenha vasoconstritores para não diminuir o leite materno. Evite usar aspirina porque pode causar problemas de saúde e doenças que afetam o cérebro e fígado do bebê. Mas antes de utilizar qualquer remédio é importante consultar o médico, ele ajudará no medicamento correto e na dosagem adequada.

Imagem de karlyukav no Freepik: lactante pode tomar remédio para gripe

Lactante tomar remédio para gripe pode causar algum dano no desenvolvimento do bebê?

Geralmente os remédios para gripe não costumam causar danos à saúde do bebê mas existem alguns medicamentos que não se deve usar durante a amamentação. Existem medicamentos que podem conter substâncias que apresentam riscos para o desenvolvimento do bebê. Remédios que contenham pseudoefedrina e codeína não deve ser tomado por lactantes, os efeitos interferem diretamente no desenvolvimento do bebê. A codeína leva o bebê a sonolência excessiva e problemas respiratórios. Já a pseudoefedrina causa irritação e dificuldade no sono do bebê. Sendo assim a assistência de um médico e ler a bula do medicamento são essenciais para saber o que compõe o medicamento que a lactante irá ingerir.

Há outros tipos de cuidados durante uma gripe?

Existem cuidados que se pode tomar antes de chegar a necessidade de tomar remédios. A melhor forma de evitar os remédios é já estar cuidando da saúde e da imunidade. Para ter saúde e aumentar a imunidade é preciso ter uma alimentação saudável, praticar algum exercício, sono regulado e uma boa rotina para não sobrecarregar a lactante. Ou seja, pequenos hábitos que geram bons resultados. Mas se mesmo assim a mãe pegar uma gripe e não optar por medicamentos é necessário muito repouso, hidratação adequada e inalação de vapor (no banho, por exemplo) irá ajudar bastante nos sintomas. Leia aqui sobre remédios para o bebê.

Orientação médica 

Algumas pessoas por acharem que é só uma gripe ou só um resfriado pode se automedicar sem buscar a ajuda de um profissional. Mas não procurar uma ajuda especifica traz riscos para a lactante e ao bebê. A ajuda de um profissional da medicina é indispensável por diversos motivos. Primeiramente o médico oferece para a lactante orientações específicas para os cuidados pessoas e a prevenir doenças.

O profissional saberá indicar os melhores remédios para a lactante, levando em conta os sintomas e quais os efeitos pode causar no bebê. Além disso, o profissional da saúde pode oferecer ajuda psicológica e emocional para a mãe afim de tranquiliza-la em relação à saúde do bebê. Sendo assim, a orientação médica oferece informações essenciais para prevenir, com os cuidados pessoais da lactante, o uso de medicações adequadas e o melhor tratamento. Buscando a ajuda de um médico a mãe está cuidando de si mesma e garantindo o melhor bem-estar e saúde do bebê.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Poliana coimbra do Bonfim sobre Pico de crescimento